quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Ambiente, Ciência e Cidadãos - CONVITE ESFERA DO CAOS

A Verdade Desconhecida - Lançamento a 6 de Outubro,dia non stop na luta contra a pobreza

Civilização publica em Outubro "Heresia" - primeiro romance da trilogia de S. J. Parris

 Heresia: um thriller histórico passado no pré-Iluminismo

Homicídios macabros nos pátios do Lincoln College, em Oxford, e um monge, mágico, cientista e herético para os resolver. Com uma acção que decorre em Inglaterra, em 1583, Heresy, o novo livro de S.J. Parris, com a chancela da Civilização Editora, é um romance histórico sobre um homem à frente do seu tempo: Bruno Giordano.

Considerado pelo The Guardian “um thriller histórico evocativo de uma época e bem escrito”, o novo livro de S.J. Parris recria – de forma ficcionada – a vida do monge e filósofo italiano, Bruno Giordano, um homem acusado de heresia pela Inquisição por defender teorias tão revolucionárias como a heliocêntrica de Copérnico. Segundo a autora de Heresy, o ter andado sempre em viagem, o facto de ser “um fugitivo sem paradeiro certo”, transformou-o “numa figura próxima das principais cortes da Europa”.

Bruno Giordano é uma “personagem fascinante, alguém com uma vida que conduz perfeitamente à ficção” sobre a qual Parris pretendia escrever desde os tempos de estudante, quando descobriu esta figura histórica. Para a escritora, a publicação deste “romance de homicídios misteriosos, como um quebra-cabeças, um policial” sobre uma figura perseguida – e, ao mesmo tempo, Iluminada – teve também por objectivo levar os leitores a interessarem-se por este período conturbado.

S. J. Parris é o pseudónimo de Stephanie Merritt. Nascida em 1974, colaborou como crítica e jornalista numa série de jornais e revistas (, incluindo The Times, the Daily Telegraph, the New Statesman, Arena e Die Welt), na rádio e na televisão. Escreve, desde 1998, para o The Observer.
Heresia é o primeiro livro de uma trilogia sobre as aventuras empolgantes do místico e herético Bruno Giordano.

SINOPSE
A estreia do monge Giordano Bruno, mágico, cientista e herege, numa nova série de thrillers históricos para fãs de C. J. Sansom e da Inglaterra da época de O Nome da Rosa.
Inglaterra, 1583. Um país inundado pela paranóia e pela conspiração, mas um porto de abrigo para um monge radical em fuga. Giordano Bruno, com as suas teorias de astronomia, fugiu da Inquisição para a corte de Isabel I. Ali, atrai as atenções de Francis Walsingham, chefe dos espiões e inimigo dos conspiradores católicos. Bruno é infiltrado na Universidade de Oxford, que se crê ser um antro de dissidentes franceses. Rapidamente Bruno dá por si envolvido nas intrigas do colégio universitário e distraído por uma bela jovem. Pouco depois, começa a investigar uma série de assassinatos horríveis, relacionados entre si por cartas com pistas. As cartas sugerem que as vítimas eram culpadas de heresia. Mas estará Bruno a ser ajudado ou induzido em erro, ou será ele o próximo alvo? Perseguindo um assassino astuto e determinado pelos claustros sombrios de Oxford, Bruno apercebe-se de que nem sempre os sábios conseguem distinguir a verdade da heresia. Mas alguns estão prontos a matar por ela!

Título: Heresia
Autor: S. J. Parris
Tradução: Isabel Baptista

Páginas: 448 pp.

Encadernação: Capa mole

Colecção: Literatura

Preço PVP: 18,90 €

Lançamento: Outubro 2010


IMPRENSA INTERNACIONAL

“Um thriller histórico evocativo de uma época e bem escrito.”- The Guardian

“Parris entrelaça factos históricos e compreensão da psicologia humana quando Bruno, um humanista perigosamente avançado para o seu tempo, principia a sua demanda para acender as luzes do Iluminismo na Europa.”- The Times

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

BOOKSMILE:" Ripley's Acredite se Quiser! - Ver Para Crer" vai levar a sua imaginação e a credulidade ao limite!


Milhões de livros vendidos em todo o Mundo

O livro “Ripley’s Acredite se Quiser: Ver Para Crer” (Ripley’s Belive It or Not!) tem vendido milhões de exemplares em todo o mundo desde o seu lançamento em 2005, e chega agora a Portugal pela mão da BOOKSMILE.
Neste álbum, 256 páginas com fotografias a cores retratam milhares de factos bizarros e histórias inacreditáveis que vão levar a imaginação e a credulidade das pessoas ao limite!

Robert Ripley foi uma das pessoas mais famosas da primeira metade do século XX. Cartoonista, repórter, aventureiro e incansável explorador, Ripley percorreu mais de 200 países na demanda por factos bizarros e insólitos e atrás das mais incríveis histórias e pessoas. Foi um homem cuja vida se pode resumir no slogan criado por ele próprio: Acredite Se Quiser!
Ripley faleceu como viveu… rodeado de circunstâncias estranhas. Aos 58 anos, o cartoonista morreu no decorrer da filmagem do 13.º episódio da sua série de televisão, o qual abordava o tema da morte e os seus diferentes rituais.

O trabalho de uma vida, as histórias que viveu e os objectos que coleccionou são a base daquele que é hoje o mundo Ripley’s. Os seus famosos cartoons, traduzidos em 17 idiomas e publicados em 42 países, ainda são publicados e lidos por mais de 80 milhões de pessoas. Muitas das descobertas documentadas pela vasta equipa Ripley’s, fiel ainda hoje à sua filosofia, podem ser vistas e admiradas nos 85 museus e aquários espalhados por 11 países, mas também nas páginas deste livro.
O livro já se encontra à venda em todo o país e promete ser um dos livros sensação do Natal.

Ripley's Acredite se Quiser: Ver Para Crer também está no Facebook.




Lançamento Mundial Ken Follett - A Queda dos Gigantes

terça-feira, 28 de setembro de 2010

"Obrigada pelas Recordações" de Cecelia Ahern - Novidade da Editorial Presença - 6 de Outubro

Obrigada pelas Recordações
Cecelia Ahern 

Data de Publicação: 6 de Outubro 2010

«RAINHA DO CONTO DE FADAS MODERNO» 
ALCANÇA 40 MILHÕES DE CÓPIAS VENDIDAS 

Sinopse 
Quando Joyce Conway acorda no hospital depois de uma queda grave, sabe que a sua vida nunca mais será a mesma. Não só perdeu o filho que carregava no ventre, como se apercebe que o seu casamento chegou a um beco sem saída. Mas estas não são as únicas consequências. Joyce simplesmente já não é a mesma pessoa. De repente disserta sobre arte e arquitectura europeias, tem hábitos alimentares completamente diferentes, fala sobre ruas parisienses onde nunca esteve… e cruza-se amiúde com um homem a quem sente que está estranhamente ligada…

Título Original: Thanks For the Memories 
Tradução: Catarina Gândara
Páginas: 344 
Colecção: Champanhe e Morangos Nº 42
PREÇO:17,50€

CITAÇÕES IMPRENSA ESTRANGEIRA

«Sensível e divertido.» - Kirkus Reviews

«Vai adorar este doce e agradável conto.» - Heat

«Uma história absorvente que aquece o coração.» - Glamour

«Impossível deixar de o ler.» - Grazia

«Um clássico.» - Company

«Outra obra-prima.» - OK


Cecelia Ahern é formada em Jornalismo e Comunicação. Aos vinte e um anos escreveu o seu primeiro romance, P. S. – Eu Amo-te, um imediato e estrondoso sucesso publicado em mais de 40 países, que liderou as listas de bestsellers na Irlanda, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Holanda, e deu origem ao filme com o mesmo nome. Todos os seus romances subsequentes – Para Sempre, Talvez, Se Me Pudesses Ver Agora, Um Lugar Chamado Aqui e A Prenda – receberam um acolhimento entusiástico e alcançaram o estatuto de bestsellers. Alguns foram também adaptados ao cinema e valeram-lhe a atribuição de diversos prémios literários, entre os quais o Prémio Nielsen de 2009 pelo incontornável sucesso de vendas dos seus livros.

Também no Facebook

Consulte outros livros da autora editados pela Editorial Presença aqui.
Se és fã da autora fica atenta ao Entre Páginas.:)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

BOOKSMILE: Vem aí a paródia do ano - O Diário de um Vampiro Banana


Nigel Mullet é o primeiro vampiro banana da História: fracote, desajeitado e pouco popular na sua escola. Transformado aos 15 anos, o Nigel vai permanecer com esta idade para sempre, obrigado a lidar com os eternos problemas da adolescência: acne, voz de valsete e total falta de jeito para as raparigas. 

Neste seu hilariante diário, o Nigel escreve pequenas crónicas sobre as suas desesperadas tentativas de captar a atenção do amor da sua vida, Chloe; do constante embaraço causado pelos seus pais vampiros (que por vezes tentam morder os seus amigos) e de como é injusto estar morto há mais de 80 anos e nunca ter tido uma namorada. 

Debatendo-se com o seu constante e confuso desejo de afundar os caninos no pescoço de Chloe, será que o Nigel vai conseguir conquistar a sua miúda? 

Esta será, provavelmente, a paródia mais divertida do ano. Um livro que irá conquistar os fãs de Twilight e todos aqueles qu devoraram a série Diário de Um Banana. Tansos e totós, bananas e vampiros há muitos, mas Nigel é único.

Um adolescente confuso com a sua existência que irá debater-se entre as suas necessidades de vampiro e os ideais românticos. Os seus deliciosos pensamentos e peripécias diárias vão deixar os leitores emocionados e, simultaneamente, a rir às gargalhadas.

Tim Collins é o autor deste hilariante diário que lembra a panóplia de desventuras vividas por Adrian Mole na sua turbulenta passagem pela adolescência, e o universo vampírico dos livros de Stephenie Meyer. As ilustrações de Andrew Pinder completam de forma perfeita este diário, no qual vai sentir ser impossível não ter pena de Nigel. É que os mortos-vivos também se apaixonam!. 

A tradução é de Dulce Afonso e a revisão de José João Leiria.

Título:O Diário de um Vampiro Banana
Autor: Tim Collins
Género: Álbuns
Idade: 13+
ISBN: 978-989-8260-84-0
PVP:10,99 €
As desventuras de Nigel também estão no Facebook


Livro da Semana da Editorial Presença (40% Desconto + portes grátis)

A Papisa Joana
Donna Woolfolk Cross


Sinopse 
A autora reuniu, numa perfeita combinação, aspectos lendários com factos históricos do qual resultou um romance sobre Joana de Ingelheim. Filha de um missionário inglês e de uma mãe saxónica, Joana, nascida a 814, sente-se frustrada pelas limitações impostas à sua vida pelo simples facto de ter nascido com o sexo errado. O seu irmão Mateus começou a ensiná-la a ler e escrever quando Joana contava apenas seis anos. Com a sua morte, Joana recorre a toda a sua astúcia e capacidade de ludibriar de modo a continuar a dar largas à sua paixão pelo saber. Mais tarde, Joana foge de casa para seguir os passos do seu irmão João, a caminho da escola religiosa na Catedral de Dorstadt, onde ela se torna a única presença e estudante feminina tolerada. É quando surge Geraldo, e a vida de Joana muda ao aperceber-se de que o ama. No entanto, o seu amor é-lhe interditado pelas maquiavélicas manobras de Ritschild. Usando as roupas e identidade do irmão, depois deste ter sido chacinado durante um ataque normando, Joana foge e entra para o mosteiro de Fulda, onde ela se passa a denominar, depois de feitos os votos primordiais, João Anglicus. Trilhando o caminho de monge a padre num instante, enquanto apurava o seu conhecimento e técnicas de cura, Joana começa a traçar a sua rota direita a Roma, onde os seus dons lhe abrem caminho para se tornar confidente e físico curador dos dois papas. É nos meandros de várias intrigas políticas no meio eclesiástico que Joana, ela própria, ascende ao posto de pontífice máximo da Igreja Católica. A Papisa Joanaresulta numa fabulosa e vívida recriação do período por nós conhecido como a "Idade das Trevas".

Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 112
Data 1ª Edição: 22/08/2000
Nº de Edição: 11ª
ISBN: 978-972-23-2641-4
Nº de Páginas: 460
Dimensões: 150x230mm
Peso: 659g
P.V.P.: 18,90 €
P.V.P.: 11,40 €

Semana de 27 de Setembro a 3 de Outubro 2010.

CLUBE DO AUTOR LANÇA PRIMEIROS LIVROS

A chegada dos primeiros livros do Clube do Autor às livrarias nacionais, a 7 de Outubro, marca oficialmente o arranque do novo projecto editorial liderado por João Gonçalves. Dama de Espadas – Crónica dos Loucos Amantes, de Mário Zambujal, e Kanikosen – O Navio dos Homens, de Takiji Kobayashi, um fenómeno literário que está a conquistar a Europa, são as primeiras apostas da nova editora.



Com estes dois primeiros títulos, o Clube do Autor inicia a construção de um catálogo que se pretende generalista, constituído por autores nacionais e estrangeiros, na área da ficção e não ficção, e, numa primeira fase, vocacionado para o público adulto.

Dama de Espadas – Crónica dos Loucos Amantes, de Mário Zambujal, o escritor que ao longo dos anos tem conquistado várias gerações de leitores é uma obra singular sobre as conturbadas relações entre homens e mulheres, um livro bem-humorado e despretensioso, escrito no registo único e inconfundível inaugurado com a Crónica dos Bons Malandros. 

De Takiji Kobayashi, Kanikosen – O Navio dos Homens, é um clássico japonês convertido em bestseller internacional com mais de 1.600.000 exemplares vendidos só no Japão. Classificado pelo Le Monde des Libres como “uma obra-prima”, Kanikosen surpreende pela actualidade do tema (a precariedade laboral e as inevitáveis consequências sociais) e pela força e crueza do relato. 
 


Disponíveis nas livrarias a partir de 7 de Outubro.


terça-feira, 21 de setembro de 2010

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Novidades Gailivro - Outubro

Depois de "A Iniciação" Jennifer Armintrout está de volta com o 2º livro da Série "Laços de Sangue"


Sinopse
O meu pai sempre me disse que o medo é uma fraqueza.Ora, isso é fácil de dizer quando não temos de nos preocupar com caçadores de vampiros e água benta. Detesto o medo, mas a vida, ou melhor, a morte continua.Nos dois meses que passaram desde que fui atacada, na morgue do hospital, e transformada em vampiro, já matei o meu amo malévolo, Cyrus, apaixonei-me pelo meu novo amo, Nathan, e até me acostumei a beber sangue. E quando as coisas estavam a regressar ao normal - o mais normal possível quando a luz do sol nos pode matar - Nathan é possuído. E massacra um humano inocente. Agora tenho de encontrar Nathan antes que o Movimento Voluntário para a Extinção dos Vampiros o localize, porque estão apenas à espera de uma desculpa para o matar - a ele e a qualquer outro que seja suficientemente parvo para o ajudar. Mas isso não é o pior. Nathan está possuído pelo espírito de um dos vampiros mais malévolos de sempre, O Devorador De Almas. E quem pode imaginar quais serão os seus planos? Com o devorador de Almas e o meu amo possuído à solta, sinto muito medo, incluindo ser morta, outra vez.

Livro da Semana (40% Desconto + portes grátis) - Editorial Presença

A Ameaça
Ken Follett

Sinopse
Unanimemente considerado um dos mestres actuais do policial, Ken Follett tem a capacidade única de, a cada novo romance, reinventar o próprio thriller. Em A Ameaça, um poderoso agente antiviral desaparece misteriosamente das instalações da Oxenford Medical, uma empresa farmacêutica que está a desenvolver um antivírus para uma das mais perigosas variedades do Ébola. Quem o poderá ter roubado? E com que obscuras intenções? Toni Gallo, responsável pela segurança da empresa, está profundamente consciente da terrível ameaça que o seu desaparecimento pode significar. Mas o que Toni, Stanley Oxenford, o director da empresa, e a própria polícia vão encontrar pela frente é um pesadelo capaz de ultrapassar os seus piores receios… Traições, violência, heroísmo e paixão num thriller absolutamente brilhante.

Editora: Editorial Presença
Colecção: Minutos Contados
Nº na Colecção: 3
Data 1ª Edição: 19/01/2007
Nº de Edição: 7ª
ISBN: 978-972-23-3696-3
Nº de Páginas: 352
Dimensões: 150x230mm
Peso: 513g
P.V.P.: 20,19 €
P.V.P.: 12,00 €

Portes grátis para território nacional.
Semana de 20 a 26 de Setembro 2010

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

"Livro" de José Luís Peixoto - Nas livrarias a 24 de Setembro

Livro
de José Luís Peixoto

Sinopse
Este livro elege como cenário a extraordinária saga da emigração portuguesa para França, contada através de uma galeria de personagens inesquecíveis e da escrita luminosa de José Luís Peixoto. Entre uma vila do interior de Portugal e Paris, entre a cultura popular e as mais altas referências da literatura universal, revelam-se os sinais de um passado que levou milhares de portugueses à procura de melhores condições e de um futuro com dupla nacionalidade. Avassalador e marcante, Livro expõe a poderosa magnitude do sonho e a crueza, irónica, terna ou grotesca, da realidade. Através de histórias de vida, encontros e despedidas, os leitores de Livro são conduzidos a um final desconcertante onde se ultrapassam fronteiras da literatura. Livro confirma José Luís Peixoto como um dos principais romancistas portugueses contemporâneos e, também, como um autor de crescente importância no panorama literário internacional.

Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 264
Editor: Livros Quetzal
ISBN: 9789725648995
Colecção: Língua Comum
17,95€
Disponível a partir de 24 de Setembro

Críticas de imprensa
«O dom de Peixoto para a escrita é algo raro, de beleza rítmica.»  The Guardian 

«Um escritor que levanta bem alto a literatura do seu país.»  Le Figaro 

«Peixoto surpreende pela profundidade estilística com que mostra seguir o exemplo maiúsculo do grande José Saramago e pela coragem de criar, hoje, estruturas narrativas solidamente actuais sob os exemplos, também, de Faulkner, Rulfo, Donoso.»  L' Unitá 

«A prosa encantatória e audaz de Peixoto é consistentemente bela, inacreditavelmente rica e ressonante.» 
The Independent 

«A escrita de Peixoto é, ao mesmo tempo, fresca, ágil e envolvente, contendo toda uma herança literária universal. Estamos perante um escritor maduro. Um admirável escritor português.»  Luís Sepúlveda

Booktrailer

Sangue Felino - A Saga do Sangue Fresco - Volume VII - Em Outubro

Sangue Felino
A Saga do Sangue Fresco - Volume VII

Sinopse
Traída pelo seu namorado vampiro de longa data, Sookie Stackhouse, empregada de bar do Louisiana, vê-se obrigada não apenas a lidar com um possível novo homem na sua vida (Quinn, um metamorfo muito atraente), mas também com uma cimeira de vampiros há muito agendada. Com o seu poder enfraquecido pelos estragos do furacão em Nova Orleães, a rainha dos vampiros locais encontra-se em posição vulnerável perante todos aqueles que anseiam roubar o seu poder. Sookie vê-se obrigada a decidir de que lado ficará. E a sua escolha poderá significar a diferença entre a sobrevivência e a catástrofe completa...


Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 288
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896372637
17,95€
Fonte:Wook

Disponível a partir de 01 de Outubro

Passatempo a decorrer no Blogue Sangue Fresco

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Autora de A Aia da Rainha está de regresso com A Filha do Rei - PLANETA

O regresso de Barbara Kyle depois de A Aia da Rainha 
A FILHA DO REI 
O destino de um reino nas mãos de uma mulher 

A Filha do Rei é o segundo volume da série Torneigth e, tal como o primeiro livro da autora publicado em Portugal, A Aia da Rainha, é um romance histórico situado no tempo de Henrique VIII. 
Em A Aia da Rainha, sobre uma aia com um segredo que poderia mudar a História, Barbara Kyle mergulha o leitor na Londres do século XVI, uma época dominada por reformas religiosas, uniões por conveniência e jogos de bastidores. E é também sobre este pano de fundo que se desenrola a história de A Filha do Rei

O novo romance de Barbara Kyle passa-se na Inglaterra dos Tudor, durante o reinado de Maria I, a rainha sanguinária (bloody Mary, em inglês) e apresenta dados inéditos sobre este conturbado período da história europeia. 
No livro, a autora levanta a possibilidade da soberana ter queimado os ossos de Henrique VIII, seu pai, criando assim a dúvida se de facto este está sepultado onde se crê estar. 

Rico em detalhes de uma época pródiga em episódios e personagens fascinantes, A Filha do Rei não poupa o leitor a imagens cruas e impressionantes sobre o cárcere de famílias inteiras, sobre alianças maquiavélicas em torno do poder e sobre a luta de uma mulher pelo futuro de uma nação… Isabel I. 
460 Páginas │ PVP: 20,95 € 
Tradução de Sofia Gomes 
Disponível a partir de 30 de Setembro

Barbara Kyle foi actriz de sucesso e teve uma brilhante carreira na televisão. Como sempre gostou muito de escrever assim como de História, principalmente da época dos Tudor, dedicou-se a uma investigação profunda que teve como resultado A Aia da Rainha (já publicado pela Planeta) que teve as melhores críticas e várias semanas no top de vendas. 






segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Booktrailer:"Marina" de Carlos Ruiz Zafón



Publicação do livro Marina, de Carlos Ruiz Zafón, dia 30 de Setembro

A BOOKSMILE tem o prazer de apresentar o livro "Vida"


O poema que já inspirou milhões de pessoas!


A BOOKSMILE tem o prazer de apresentar Vida, um poema motivacional que já percorreu o mundo e inspirou milhões de pessoas. É um guia emocional cuja leitura se destina a atrair boas energias e a encarar a vida com ânimo, em todas as situações.
Com imagens que apelam ao sentimento e versos que são pequenas pérolas de sabedoria partilhadas com o leitor, Vida é um livro que ajuda a ultrapassar os momentos menos bons e viver intensa e positivamente, fazendo com que cada segundo conte.
Já perdoei erros quase imperdoáveis é o subtítulo que resume a inspiradora mensagem deste poema: a disseminação de amor e tolerância para com o próximo.

O poema vive também de várias particularidades. Uma das mais curiosas é, sem dúvida, o facto de Vida ter dado a volta ao Globo através do mundo online (sítios, blogues, YouTube, E-mail, redes sociais), como sendo da autoria de Charles Chaplin.
Mas é a Augusto Branco a quem devemos estas motivadoras palavras, um pensador cuja vida atribulada tem servido de inspiração.  

Título: Vida: Já Perdoei Erros Quase Imperdoáveis
Autor: Augusto Branco
Género: Álbuns
ISBN: 978-989-8260-80-2
PVP:12,99 €

BookTrailer


Sobre o Autor
Augusto Branco nasceu no coração da Amazónia, fruto da união de dois ribeirinhos que, um dia, tentaram a sorte na cidade: Dona rosa e senhor Raymundo.
Augusto escreveu as suas primeiras poesias aos 7 ou 8 anos de idade, pouco antes de começar a ajudar na loja de ferragens do pai. Frequentou cursos de Administração e Pedagogia, que não completou devido às exigências da sua vida profissional, repleta de mudanças e obstáculos inesperados. 
Contudo, ao longo deste percurso complicado, ao qual se juntou uma tragédia familiar (assassínio da irmã), Augusto nunca despiu a pele de escritor, encontrando tempo para criar, quase todos os dias, novos poemas, aforismos e textos motivadores. Foi num desses momentos que nasceu Vida, inspirado nos percalços e vitórias do seu autor. 
Augusto Branco apresenta-se sempre como um homem entre tantos outros, “mais um cara no caminho”, nas suas palavras. Uma expressão coerente com a sua produção literária: textos que mergulham no coração das pessoas, ao evidenciarem os mais finos paradoxos que acompanham o amor, a felicidade e o bem-estar, sentimentos comuns a todos nós


Livro da Semana da Editorial Presença (Poupe 21,50€ + portes grátis)


PACK - Um Mundo Sem Fim
Ken Follett

Sinopse
Depois do enorme êxito de Os Pilares da Terra, Ken Follett regressa à cidade de Kingsbridge, mas desta vez cerca de dois séculos após os acontecimentos do primeiro livro. No dia 1 de Novembro de 1327, quatro crianças presenciam a morte de dois homens por um cavaleiro. O sucedido irá para sempre assombrar as suas vidas, mas Merthin, Ralph, Caris e Gwenda ficarão também marcados pelo próprio tempo em que vivem, e em particular pela maior tragédia que assolou a Europa no século XIV, a Peste Negra. Um Mundo sem Fim, que a Presença publica em dois volumes, é um épico medieval que está a conquistar os leitores de todo o mundo, tendo registado um total de 26 semanas de permanência entre os mais vendidos do The New York Times.

Colecção: Especiais
Nº na Colecção: 9990
Nº de Edição: 1ª
Peso: 1679g
P.V.P.: 51,49 €
P.V.P.: 29,96 €
Portes grátis

sábado, 11 de setembro de 2010

Na Sombra do Pecado de J.R. Ward - Setembro

Na Sombra do Pecado
de J.R. Ward

Seis guerreiros vampiros, amantes perigosos e irmãos de sangue vêm até si nesta colecção verdadeiramente poderosa.

Sinopse
Nas sombras da noite da cidade de Caldwell, em Nova Iorque, trava-se uma guerra territorial entre vampiros e seus caçadores. Ali, existe um bando secreto de irmãos sem igual – seis guerreiros vampiros, defensores da sua raça. De todos eles, Zsadist é o membro mais aterrorizador da Irmandade da Adaga Negra. Um antigo escravo de sangue, o vampiro Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado cheio de sofrimento e humilhação. Conhecido pela sua fúria insaciável e actos sinistros, é um selvagem temido tanto por humanos, como por vampiros. A raiva é a sua única companheira e o terror a única paixão – até salvar uma linda fêmea da maldade da Sociedade dos Minguantes.
Bella fica instantaneamente arrebatada pelo poder fulminante que Zsadist possui. Contudo, à medida que o desejo que nutrem um pelo outro começa a apoderar-se deles, a sede de Zsadist por vingança contra os atormentadores de Bella leva-o ao limite da loucura. Agora, Bella tem de ajudar o amante a ultrapassar as feridas do passado tortuoso e a encontrar um futuro ao lado dela…

Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 460
Editor: Casa das Letras
ISBN: 9789724619897
18,50€

 
Disponível a partir de 22 de Setembro
 
J. R. Ward vive no Sul dos Estados Unidos com o seu marido incrivelmente generoso e o seu amado golden retriever. Depois de se ter formado em Direito, começou a sua vida profissional na área da saúde, em Boston, tendo passado muitos anos como chefe de equipa de um dos centros clínicos do país. A escrita foi sempre a sua paixão, e a sua ideia de Céu é um dia inteiro com mais nada além do seu computador, o seu cão, e a caneca de café.

Fonte: www.wook.pt 

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Marina, de Carlos Ruiz Zafón, dia 30 nas livrarias

Marina, o livro que antecedeu o bestseller mundial A Sombra do Vento, é um dos romances favoritos do escritor Carlos Ruiz Zafón. Por muitos considerado uma das maiores revelações literárias dos últimos anos, Zafón confessa, ainda assim, que este é “possivelmente o mais indefinível e difícil de catalogar de quantos romances escrevi, e talvez o mais pessoal”.
Amigo leitor
Sempre acreditei que todo o escritor, admita-o ou não, tem
entre os seus livros alguns como favoritos. Essa predilecção é raro
ter a ver com o valor literário intrínseco da obra ou com o acolhimento
que ao aparecer lhe dispensaram os leitores ou com a fortuna
ou penúria que lhe tenha proporcionado a sua publicação. Por qualquer
estranha razão, sentimo-nos mais próximos de algumas das
nossas criaturas sem sabermos explicar muito bem o porquê.
De todos os livros que publiquei desde que comecei neste estranho
ofício de romancista, lá por 1992, Marina é um dos meus favoritos.

Carlos Ruiz Zafón, in carta ao leitor de Marina (Junho de 2008)


Marina, tal como a obra que consagrou Zafón, é um romance mágico de memórias, escrito numa prosa ora poética ora irónica, assente numa mistura de géneros literários (entre o romance de aventuras e os contos góticos) e onde o passado e o presente se fundem de forma inigualável. 
Classificado pela crítica como «macabro, fantástico e simultaneamente arrebatador», Marina propõe ao leitor uma reflexão continuada sobre os mistérios da condição humana através do relato alternado de três histórias de amor e morte.
Ambientada na cidade de Barcelona, a história decorre entre Setembro de 1979 e Maio de 1980 e depois em 1995 quando Óscar, o protagonista, recorda a força arrebatadora do primeiro amor e as aventuras com Marina, recupera as anotações do seu diário pessoal e revisita os locais da sua juventude.
«Marina disse-me uma vez que apenas recordamos o que nunca aconteceu. Passaria uma eternidade antes que compreendesse aquelas palavras. Mas mais vale começar pelo princípio, que neste caso é o fim.»

Sobre Carlos Ruiz Zafón
Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona, em 1964. Em 1993, ganhou o Prémio Ebedé de literatura com o seu primeiro romance, El Príncipe de la Niebla, que vendeu mais de 150.000 exemplares em Espanha e foi traduzido para vários idiomas. Desde então, publicou cinco romances e transformou-se numa das maiores revelações literárias dos últimos tempos com a obra A Sombra do Vento, finalista dos prémios literários espanhóis Fernando Lara 2001 e Llibreter 2002 e livro vencedor do Prémio Correntes d’ Escritas/Casino da Póvoa 2006. Carlos Ruiz Zafón vive actualmente em Los Angeles, onde escreve guiões para cinema e prepara os seus novos livros. Colabora regularmente com os jornais espanhóis La Vanguardia e El País.

 260 Páginas │ PVP: 18,85 €
Tradução de Maria do Carmo Abreu
Disponível a partir de 30 de Setembro

Campanhas Especiais da Editorial Presença




Estas são as campanhas temáticas, a preços especiais, em vigor até 12 de Setembro.
Clique nas imagens para consultar os livros das campanhas.
Boas Leituras!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Livro da Semana da Editorial Presença




PACK - Os Pilares da Terra
Ken Follett

Sinopse 
Na Inglaterra do século XII, Tom, um humilde pedreiro e mestre-de-obras, tem um sonho majestoso – construir uma imponente catedral, dotada de uma beleza sublime, digna de tocar os céus. E é na persecução desse sonho que com ele e a sua família vamos encontrando um colorido mosaico de personagens que se cruzam ao longo de gerações e cujos destinos se entrelaçam de formas misteriosas e surpreendentes, capazes de alterar o curso da história. Recheado de suspense, corrupção, ambição e romance, Os Pilares da Terra é decididamente a obra-prima de um autor que já vendeu 100 milhões de livros em todo o mundo.

Colecção: Especiais
Nº na Colecção: 9990
Nº de Edição: 1ª
P.V.P.
42,86 € 
29,96 €

Semana de 6 a 12 de Setembro 2010.

sábado, 4 de setembro de 2010

"Escritos dos Ancestrais" de Rodrigo McSilva no dia 14 de Setembro

O livro Escritos dos Ancestrais, o 1.º livro da série Campos de Odelberon, editado pela Editorial Presença, estará à venda nas Livrarias já a partir do próximo dia 14 de Setembro.


A capa do livro Escritos dos Ancestrais, o 1.º livro da Série Campos de Odelberon, é da autoria de Tiago da Silva, artista radicado no Algarve, autor de algumas das mais belas capas de livros da Editorial Presença.
Alguns dos seus magníficos trabalhos poderão ser vistos em http://grafik.deviantart.com/

Booktrailer
 

Lançamento “Orbias-O Demónio Branco”, de Fábio Ventura

Orbias-O Demónio Branco
de Fábio Ventura

Sinopse: As coisas mudaram desde a derradeira separação entre a Terra e Orbias há um ano atrás. Noemi é agora uma estagiária na redacção de uma revista em Grand City, leva uma vida solitária e mantém pouco contacto com Adam e Lorelei. Mas enquanto se esforça para esquecer todos os trágicos acontecimentos do passado, o inesperado acontece: os seus poderes de Omnisciência regressam e volta a transformar-se em Guerreira. Para piorar a situação, está constantemente a ver a face de Sebastian e a sentir o seu perfume. Será que afinal os mundos não foram definitivamente separados? Será possível o regresso a Orbias, para junto das outras Guerreiras? Na sua loucura obsessiva, Noemi convence-se a si própria de uma coisa: Sebastian está vivo!
O Demónio Branco é o segundo volume da saga Orbias, a original história de fantasia que veio agitar o género em Portugal.
 
Editora: Casa das Letras
Lançamento: 6 de Setembro de 2010
Páginas: 412
Preço: 14,95 euros

Links

Blog: http://orbias-asguerreirasdadeusa.blogspot.com/

Facebook: http://www.facebook.com/pages/Orbias/111432138874208?ref=ts

Teaser Trailer: http://www.youtube.com/watch?v=5fkj6fVpQ3E&feature=related

Vídeo-Resumo “Orbias-As Guerreiras da Deusa”: http://www.youtube.com/watch?v=h5DVDWum4tY